Queijo, o ingrediente indispensável


Queijo, o ingrediente indispensável

Não é novidade que a gastronomia italiana é uma das mais apreciadas pelo mundo. Neste país, todos os pratos tem de conter ingredientes de elevadíssima qualidade, nada pode falhar. Vamos falar de um ingrediente usado em quase todos os pratos tipicamente italianos. Sabe de que ingrediente estamos a falar? O Queijo!

Na Itália, são produzidas, anualmente, cerca de 900.000 toneladas de queijos com mais de 100 tipos diferentes. De sabores e perfumes tão peculiares quanto atraentes, dos mais fortes aos mais suaves, os queijos italianos encantam paladares no mundo inteiro.

Este alimento começou a fazer parte da alimentação dos povos italianos desde o império romano. No entanto, fique a saber que a arte de fabricação de queijos remota há cerca de 12 mil anos antes do nascimento de Cristo, num período conhecido como paleolítico superior. Segundo a lenda, o queijo teria sido descoberto por um dos filhos de Apolo, Aristeu, Rei da Arcádia.

Os primeiros povos que tornaram o queijo uma fonte importante da sua alimentação foram os egípcios, isto porque também foram os primeiros que cuidaram do gado. O bovino era tão importante para este povo que foi simbolizado e eternizado colocando chifres na deusa Hathor. Também foram encontrados nas tumbas egípcias queijos feitos de leite de vaca, de cabra e de ovelha.

No continente europeu, os primeiros a inserir o queijo na sua alimentação foram os gregos, que o preparavam exclusivamente com leite de cabra e ovelha. No entanto, os principais responsáveis pela maior divulgação dos queijos pelo mundo foram os romanos. Na expansão do Império Romano (atual Itália) foram criados vários tipos de queijos. De um simples alimento o queijo evoluiu tornando-se numa iguaria indispensável nas refeição dos nobres  romanos e em grandes banquetes imperiais.  Os romanos apreciavam o queijo, do qual fabricavam inúmeras variedades e cujas virtudes conheciam, pois utilizavam-no na alimentação dos soldados e atletas. O queijo primitivo consistia apenas em leite coagulado, desprovido de soro e salgado. A técnica de produção foi-se modernizando no decorrer dos tempos.

Como já foi referido na Itália são produzidos cerca de 100 tipos de queijo. Um dos mais conhecidos queijos em todo o mundo é o Gorgonzola, um queijo picante com características veias azuis. Conta-se que o Gorgonzola teve origem numa cidade do mesmo nome, próximo de Milão.  O queijo Parmesão, também é  um produto desta zona, e um dos queijos mais famosos. Estes dois queijos e outros como o Caccio Cavalo e o Provolone são queijos duros e secos, usados ralados como condimentos em sopas, massas e outros pratos.

Grana Padano, Parmigiano Reggiano, e Pecorino Romano são outros três queijos que se destacam pela sua grande qualidade. As suas produções preservam a tradição de muitos séculos e  são feitos artesanalmente. Assim como todos os queijos, são extremamente versáteis, e podem aparecer em praticamente tudo na cozinha. Mozzarella, mascarpone ou ricotta também estão entre os queijos mais conhecidos.

Estes são apenas alguns exemplos dos inúmeros queijos que existem.  Na Itália, existem queijos para todos os gostos e ocasiões. Industrializados ou caseiros, podem ser servidos como petisco, na sobremesa, no café da manhã ou em lanches. Mas sem dúvida nenhuma, a melhor forma de degustar queijos tão especiais como estes é ao natural.

Quer se deliciar com uma variedade de queijos? Venha ao Mamma Isa! No nosso restaurante terá à disposição uma diversidade de pratos onde o queijo tem um papel de destaque! Estamos à sua espera!